quarta-feira, 9 de junho de 2010

O GOZO




Esse desejo tumultuoso,

que crepita nos sentidos...

Desperta-me,

mostrando a vantagem de ser mulher,

desejada.

O desejo revira o que encontra encoberto,

deixando-me volúvel as sensações do corpo.

Ecoa a imperiosa voz do prazer,

no desconcertante enigma,

quando atingimos o limite,

quando se vai aos céus,

quando num sussurro,

se diz : Gozei !




By Vânia Moraes

6 comentários:

Sumpa disse...

Gostei da poesia. Eu gosto de ver a maneira como vc escreve pq sempre me parece que vc descrevendo como vc sente, deseja e delira.
Muito legal e inhspirador.

fatti___ disse...

hum delicia de imagens!me deu sede rs!
querida brigada pelo carinho viu volte sempre que puder...

bjus meus em ti


fatti___

{ísis} ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

Vania
bem sabe que sou sua fã repito sempre, mas adoro o que escreve
Semana iluminada

Beijos perfumados

{ísis_MN

Anônimo disse...

Minha amiga poetisa... meus parabéns...

Patrícia Fagundes
www.patriciafagundes.zip.net

Hamilton Junior disse...

Lindo o seu texto... realmente passa como vc sente...

Beijos!

Anônimo disse...

E bom comer buceta